Carregando... Aguarde...

Newsletter


Eu Matei Lúcio Flávio - 1979

Preço:
15.00 R$
Entrega:
Calcular ao finalizar
Quantidade:


Descrição do produto

[DVD] Filme: Eu Matei Lúcio Flávio - 1979

Título: Eu Matei Lúcio Flávio
Gênero: Policial
País: Brasil 
Duração: 97min
Lançamento:
1979
Roteiro:
Alberto Magno e Leopoldo Serran
Direção: Antônio Calmon
Produção: Jece Valadão
Estrelando: Jece Valadão, Monique Lafond, Anselmo Vasconcelos, Vera Gimenez, Maria Lúcia Dahl, Paulo Ramos, Nildo Parente, Otávio Augusto, Marcus Vinicius, ...

DVD - COR
NÃO LANÇADO - EXTRAÍDO DE VHS




INFO:
Para entender o teor do filme, as frases de abertura: "O marginal não é gente!", "O marginal não existe", "A polícia trabalha para proteger a sociedade dos que estão fora dela". Um filme fascista, reacionário, em deslumbre pró-estado e pró-polícia (será?), que apesar disso e por isso faz dele um filme maravilhoso, aterrador e, doente de um sadismo implacável. Quando Mariel (Jece Valadão) chega na polícia, começa a solucionar os crimes no bairro à sua maneira: matando. Ele é um inspetor da polícia civil que por sua “firmeza”, se torna famoso em um Rio de Janeiro já assustado com a violência, na metade da década. Não demora muito e Mariel está no centro das atenções, freqüentando as altas rodas da Zona Sul e sendo recebido em casas de boa família – onde, invariavelmente, deixa algum marido corno. Lúcio Flávio é vivído por Paulo Ramos, e aparece no filme apenas como a isca maior do alpinismo social de Mariscotte. Rumo ao topo, acaba por integrar o grupo de extermínio “Homens de Ouro” – o mesmo retratado em “República dos Assassinos”. Com licença oficial para matar, Mariel e seus capangas promovem uma chacina. Enquanto torturam um criminoso, a equipe de policiais coloca para tocar um disco de Roberto Carlos, “Lady Laura”. Em seguida, Anselmo Vasconcellos, em papel repugnante e magistral como sempre, puxa uma faca do bolso, repete monocordicamente o lema do grupo, “Marginal tem mais é que morrer”, e esfaqueia o corpo torturado, que em seguida é exposto na batida de um ponto de macumba no alto da estátua de São Sebastião, o padroeiro da cidade.

Procurar produtos similares por categoria

Adicionar na lista de favoritos

Clique no botão abaixo para adicioná-lo Eu Matei Lúcio Flávio - 1979 para sua lista de favoritos.

Você visualizou recentemente...